Foto:Por Edmundo Ubiratan | Imagens: Divulgação
24/09/2019 19:07
Primeiro PC-24 da América do Sul é entregue para um operador no Chile
O primeiro latino. Modelo é o primeiro avião a jato civil projetado para operar em pistas de terra, grama ou cascalho

A Pilatus entregou o primeiro PC-24 na América do Sul, para um operador do Chile. A aeronave já está em Santiago e aguarda a certificação da autoridade de avião civil do país, a DGAC (Dirección General de Aeronáutica Civil), que deve ocorrer nos próximos dias.

A entrega contou com uma cerimônia especial nas instalações da Pilatus em Broomfield, nos Estados Unidos e teve a presença do CEO da Synerjet, José Eduardo Brandão, representantes da marca na região, assim como do CEO da Pilatus, Thomas Bosshard.

 

A América do Sul é vista como potencial mercado para o PC-24, graças a seu desempenho em pistas curtas, mesmo em locais altos. Em maio a Pilatus entregou o primeiro avião do tipo para um cliente dos Estdos Unidos, inserindo a América do Sul entre os operadores apenas três meses depois.

O Pilatus PC-24 é o primeiro avião a jato civil projetado para operar em pistas não-preparadas, como terra e grama. Com capacidade similar ao turbo-hélice PC-12 NG, o modelo possui elevada performance em pistas curtas e não pavimentadas, como grama, cascalho ou terra. A aeronave conta ainda com uma ampla porta de cargas traseira e um interior que permite um rearranjo da configuração interna em poucos minutos, que possibilita maior flexibilidade ao operador. De acordo com o fabricante, é possível converter em poucas horas um PC-24 destinado ao transporte executivo para um cargueiro.

 

PC-24 é o primeiro avião a jato civil projetado para operar em pistas de terra ou grama

O PC-24 se destacou durante seu lançamento, quando em 2014, a Pilatus vendeu 84 aeronaves durante a EBACE, o que representou os três primeiros anos de produção. As encomendas foram encerradas até o recebimento de feedback dos primeiros operadores da aeronave. A reabertura das vendas ocorreu apenas recentemente, com a possibilidade de os interessados buscarem as posições de entrega programadas para o final de 2020 e 2021.

Recentemente um PC-24 pousou na restrita pista de grama do aeroporto do Goodwood Festival of Speed. A aeronave que soma diversas entregas nos Estados Unidos já soma mais de 1.200 horas de voo em todo o mundo.  

Texto/Fonte: Boletim Semanal AERO Magazine