Foto:Por Edmundo Ubiratan | Imagens: Divulgação em 23 de Julho de 2019 às 08:00
22/08/2019 14:09
Novo avião elétrico recebe motor de 90kW e espera certificação do FAA
Aeronave de dois lugares da Bye Aerospace deverá ser um dos primeiros aviões totalmente elétricos homologados

O protótipo eFlyer 2 o monomotor totalmente elétrico de dois assentos da Bye Aerospace iniciou uma importante fase de teste de voo com o novo motor Siemens SP70D de 90 kW. O voo ocorreu após a finalização dos ensaios em voo com o modelo de pré-série, que utilizava um motor de baixa potência, responsável pela validação dos dados de performance da aeronave.

O exemplar de série conta com o motor SP70D de alta potência e capacidade total planejada em projeto. “Durante os testes de voo do eFlyer 2 que começaram em 17 de julho, o novo motor de produção da Siemens atendeu ou superou as expectativas em todas as áreas de indicadores de desempenho”, disse George E. Bye, CEO da Bye Aerospace. “Esses testes importantes estão validando a economia operacional, eficiência e desempenho do eFlyer, enquanto [a aeronave] não produz CO²”.

A família de aeronaves eFlyer pretende ser a primeira de uma série de aviões certificados totalmente elétricos a atender os mercados de treinamento e de aviação geral. A Siemens está fornecendo o sistema de propulsão elétrica de 57 lb com uma classificação de pico de 90kW (120 HP) e uma potência contínua de 70kW (94 HP).

“Estamos entusiasmados em ver a aeronave em operação pela primeira vez com o SP70D e esperamos continuar o caminho conjunto para a certificação”, disse Olaf Otto, chefe da unidade de negócios da Siemens eAircraft.

Além do novo motor de produção da Siemens, outras modificações no protótipo do eFlyer 2 incluíram uma bateria adicional, uma nova hélice de três pás da Hartzell, além de uma capota atualizada, novo spinner e um carregador na porta.

O eFlyer traz a promessa completa de propulsão elétrica para o mercado com aeronaves elétricas seguras e práticas.

Texto/Fonte: Boletim Semanal AERO Magazine