Foto:Por Edmundo Ubiratan | Imagens: Divulgação
09/09/2019 18:40
Após redistribuição dos slots em Congonhas, Azul passa a deter 41 autorizações o mesmo número da Avianca Brasil
Anac autoriza também o ingresso da MAP, Passaredo e Two Flex no principal aeroporto paulistano

A Anac finalizou o processo de distribuição provisória dos 41 horários diários de partidas e chegadas (slots) da Avianca Brasil no aeroporto de Congonhas, com a Azul recebendo 15 slots, seguida da Passaredo com 14 frequências e a MAP com 12.

Com a mudança a Azul eleva o total de horários para 41, o mesmo número que a Avianca Brasil tinha no aeroporto. Apesar do anúncio, o processo de distribuição ainda não foi concluído, visto que as regionais Passaredo e MAP têm 9 dias para demonstrar capacidade técnica para operar em Congonhas. As duas empresas deverão comprovar, junto ao operador aeroportuário e ao órgão de controle do espaço aéreo, o atendimento de requisitos operacionais exigidos para operação no aeroporto. Caso não atendam no prazo os requisitos, os 26 horários serão novamente redistribuídos.

 

A Two Flex, que opera uma frota de Cessna Caravan, também foi contemplada com 14 slots, mas em virtude do modelo de aeronave, deverão operar na pista auxiliar de Congonhas. A autorização é pendente de confirmação do Centro de Gerenciamento de Navegação Aérea (CGNA).

Após a aprovação, as empresas poderão iniciar a oferta de voos de acordo com os horários alocados. Caso alguma empresa não seja autorizada a operar, os slots voltarão para a Anac serão distribuídos conforme a Decisão Nº 109, ou seja, até 100% para as empresas que possuem até 54 slots (entrantes) e o restante a ser dividido entre todas as empresas.

Durante o processo a Azul e MAP haviam solicitado os 41 slots pertencentes a Avianca Brasil, enquanto a Passaredo havia demonstrado interesse em 30 e a Two Flex em 14 slots. A Anac optou por uma distribuição entre todas as companhias solicitantes.

Texto/Fonte: Boletim Semanal AERO Magazine